Skip to content

Fim das super-modelos?

27 de setembro de 2009

Mais um capítulo na novela das manipulações digitais em fotos de moda está acontecendo na Europa, mais precisamente na França. Que as grandes revistas de moda vendem um produto fantasioso com suas capas glamorosas, todo mundo já sabe. Acreditar que a imagem colocada em suas capas e páginas expressa a realidade é mostrar que o mundo ainda está cheio de pessoas ingênuas. Mulheres são literalmente esculpidas em programas de manipulação digital para vender ao mundo um padrão de beleza perfeito e irreal. A primeira página dessa controvérsia se iniciou também na França com a Revista ELLE publicando uma série de capas onde grandes nomes do cinema e do mundo POP apareceram sem maquiagem ou retoques digitais. Entre as modelos que toparam esse desafio encontramos Eva Herzigova, Sophie Marceau, Monica Bellucci, Karin Viard, Charlotte Rampling, Chiara Mastroianni, Ines de la Fressange e Anne Parillaud. A repercussão foi muito positiva e diversos fotógrafos e publicações ao redor do mundo deram seu apoio produzindo ensaios com o mesmo teor.

Agora a coisa parece que é um pouco mais séria e transcende a mera discussão artística criativa. Vários políticos franceses, liderados pela parlamentar Valerie Boyer, estão propondo um Projeto de Lei onde anúncios e capas de revista que possuam imagens de pessoas que foram adulteradas pelo uso de ferramentas digitais, tenham um aviso alertando que aquilo que está sendo mostrado não é real. A ação está sendo encarada como sendo uma preocupação de Saúde Pública. Segundo Valerie Boyer essas mulheres são mostradas de forma deturpada e “Essas imagens podem fazer as pessoas acreditarem numa realidade que, com freqüência, não existe".

A preocupação dos parlamentares é que adolescentes confrontadas com esse ideal de beleza ilusório possam ser vítimas de problemas psicológicos e distúrbios alimentares. Fotos divulgadas pela imprensa, fotos de campanhas políticas, fotografia de arte e imagens em embalagens de produtos, além de comerciais onde foram usados recursos de manipulação das imagens devem vir acompanhadas da seguinte frase: “fotografia retocada para modificar a aparência física de uma pessoa". A lei ainda tem que ser votada, mas parece possuir um bom número de apoiadores dentro da esfera política francesa. Além da preocupação com a saúde pública, esse é o tipo de ação que pode render uns bons votos, então não ficaria surpreso se outros países europeus também seguissem essa linha.

photoshop

Bem, para alguns pode parecer um absurdo, mas é um assunto que deve ser avaliado. Não sou inocente de pensar que uma fotografia representa uma verdade concreta. Ela está carregada de ideologia e é, afinal de contas, um veículo de comunicação. Hoje podemos acompanhar todo o processo de produção de nossas fotografias, não dependendo mais da intervenção de laboratórios. Fotografamos e “revelamos” em nossos próprios computadores. Mas, com o avanço das técnicas digitais de manipulação estamos passando de um limite imposto pela própria ética. Eu ficaria mais feliz que essa mudança de mentalidade fosse fruto de reflexões e discussões no meio fotográfico e publicitário. Mas, ao que parece tudo vai ser regulamentado pela força da lei. 

Fonte: Fotocolagem

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 12 de outubro de 2011 11:07 AM

    Ótimo post.Os consumidores precisam ficar atentos as fantasias geradas pelas imagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: